O Budismo e as Outras – Encontros e Desencontros entre as Grandes Religiões Mundiais

O autor Frank Usarski é Livre Docente na área de Ciências da Religião pela PUC-SP e doutor com a tese sobre os mecanismos e motivos da estigmatização pública de Novos Movimentos Religiosos na Alemanha Ocidental. Fez o pós-doutorado na área de Ciência da Religião pela Universidade de Hannover (Alemanha) sobre o papel das religiões nas Exposições Mundiais entre 1851 e 1900. Hoje, mora no Brasil e traz para o público uma visão pouco divulgada sobre o Budismo, como a perseguição violenta de cristãos no Japão a partir de 1631.

 No livro são abordados os encontros e desencontros entre as religiões do Hinduísmo, Judaísmo, Cristianismo e Islã. Já na sinopse encontram-se cenários históricos paradigmáticos das circunstâncias e como a outras religiões se comunicam. Em seguida foram desenvolvidos argumentos e posturas retóricas das quais representantes do Budismo apropriam-se em situações do intercâmbio religioso, e o último passo reside na identificação dos temas tipicamente articulados por budistas em diálogos intrarreligiosos, como conta Frank sobre a iniciativa de escrever o livro:

“Já antes da minha chegada ao Brasil tinha estudado o Budismo particularmente do ponto de vista da sua recepção e divulgação na Alemanha e em outros países europeus. Desde então há diversos contatos com colegas interessados em temas afins. Um deles é o Professor Udo Tworuschka, Universidade de Jena, Alemanha, que me convidou a fazer parte de uma coletânea sobre a percepção que cada uma das ‘grandes’ religiões tem sobre as outras. Assumi um artigo sobre a visão do Budismo sobre o Hinduísmo, Judaísmo, Cristianismo e Islã. Levantei muito material do qual apenas uma pequena parcela cabia no ensaio formalmente limitado. Um dos motivos de retomar o assunto e elaborar um texto mais amplo tem a ver com meu desejo de não deixar esse rico material desaparecer em uma gaveta”.

 O Budismo é uma religião com representatividade no mundo inteiro, seus seguidores têm tido contato com inúmeras crenças e práticas religiosas. Segundo o autor é impossível discutir essa complexidade em um único livro. A vertente do trabalho atual concentra-se no intercâmbio entre as religiões frequentemente avaliadas mais importantes no nível global e nos pontos de vista histórico, estatístico e geográfico. Assim explica como budistas têm dificuldades em relação a fé cristã em um Deus pessoal.

 “Ao mesmo tempo questiona-se o status divino atribuído ao Jesus Cristo uma vez que essa caracterização ultrapassa sua apreciação ‘apenas’ como um mestre espiritual. Além disso, uma retrospectiva revela que determinados tópicos ganharam uma relevância maior em determinados momentos históricos. Por exemplo, há fontes que demonstram que budistas não se conformam com uma doutrina que se apresenta como uma ‘verdade absoluta e interna’ e exige de seus fiéis uma ‘obediência cega’. Em contrapartida o Budismo pretende ser um ensinamento de ‘vir’ e ‘ver’ que ganha relevância prática na medida em que o indivíduo aceita a proposta, verificando se ela é verdadeira conforme suas próprias experiências”.

 Uma questão pouco conhecida que é abordada no livro é o pensamento generalizado de que o Budismo é em sua totalidade e no decorrer de sua história uma religião pacifista, como discorre na tese de livre-docência, que o autor afirma ser a primeira no Brasil na área de Ciência da Religião:

 “Muitos veem o Budismo como a mais pacífica entre as grandes religiões. Não duvido que a doutrina budista tenha esse potencial. Por outro lado, nenhuma está imune contra tentações ‘mundanas’. No caso do Budismo vale lembrar, por exemplo, da instrumentalização de instituições budistas locais por parte do governo japonês em função da perseguição violenta de cristãos no país a partir de 1631. Mas ao longo da história o budismo apresentou-se como uma religião, sobretudo norteada pela ideia de convivência pacífica”.

 Para conhecer o autor:

 Frank Usarski é Doutor com tese sobre os mecanismos e motivos da estigmatização pública de Novos Movimentos Religiosos na Alemanha Ocidental (1987), e pós-doutorado (1992-93) na área de Ciência da Religião pela Universidade de Hannover (Alemanha), sobre o papel das religiões nas Exposições Mundiais entre 1851 e 1900. Desde sua chegada ao Brasil em 1998 faz parte do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da PUC-SP. Em 2009 obteve o título de Livre-Docente na área de Ciências da Religião pela PUC-SP. Entre suas atividades acadêmicas destacam-se a pesquisa, o ensino e as diversas publicações sobre as Religiões Orientais bem como sobre a história e o perfil atual da Ciência da Religião. Além disso é fundador e coordenador da Revista de Estudos da Religião (REVER) e líder do grupo de pesquisa Centro de Estudos de Religiões Alternativas de Origem Oriental no Brasil (CERAL).

 Mais detalhes encontram-se no CV Lattes: http://lattes.cnpq.br/1258512254101119

 Contatos com o autor: usarski@pucsp.br

 Dados técnicos:

 Páginas: 304

 ISBN: 978-85-7698-053-7

 Valor: R$ 28,50

 Comentários:

 “Frank Usarski oferece ao leitor um verdadeiro presente intelectual: original, pois apresenta as relações entre o Budismo e as outras religiões mundiais do ponto de vista do Budismo; sistemático, pois articula rigorosamente o Budismo com essas religiões; e prático, pois contribui para o diálogo inter-religioso, sem esconder suas potencialidades e dificuldades. Mérito especial são a qualidade e a quantidade de informação acerca do Budismo, em sua origem e desenvolvimento, e em sua transposição para o Ocidente, assim como a riqueza da comparação entre Budismo e Hinduísmo.”

 Geraldo José de Paiva, Professor titular da Universidade de São Paulo

 “Desde o início da História temos testemunhado conflitos baseados na religião. O fato de nossa personalidade e autoestima estarem centradas na identidade com um deus torna todo aquele que professa outra fé um risco à nossa sobrevivência. Somente a compreensão das igualdades e diferenças que dirigem os movimentos religiosos, bem como das razões de suas convergências e divergências, permitirá uma convivência harmoniosa entre as várias culturas. E essa é a preciosidade deste livro, leitura obrigatória para quem se interessa pelo bem-estar e convivência pacífica da humanidade.”

 Denise Gimenez Ramos, Professora titular da PUC-SP

 “Em um mundo marcado pelo paradoxo de se tornar ‘um’, pela globalização e pela dificuldade de convivência entre culturas e religiões – que acaba por estabelecer profundas  divisões e diferentes ‘mundos’ –, este livro do professor Frank Usarski é uma importante contribuição. Ele nos ajuda a entender uma religião que nasceu e cresceu do outro lado do mundo e, ao mesmo tempo, indica as dificuldades e possibilidades de diálogos entre diferentes mundos e religiões.”

 Jung Mo Sung, Professor de pós-graduação em Ciências da Religião, Universidade Metodista de São Paulo

 Nicolau Kietzmann Goldemberg

 DGNK Assessoria de Imprensa

 11- 3042-3111

 11 – 8273-6669

 nicolau@dgnk.com.br

 http://www.dgnk.com.br

 http://www.editoraideiaseletras.wordpress.com

 http://www.ideiaseletras.com.br

 Clique na imagem para baixar em alta.

Clique na imagem para baixar em alta.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s